Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Santa Casa vai aumentar prémios para captar mais apostadores

O novo diploma, que entra em vigor na próxima segunda-feira, 31 de Agosto, procede à revisão dos montantes destinados aos prémios dos jogos sociais do Estado, lotarias e apostas mútuas.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 27 de Agosto de 2009 às 11:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, que explora em regime de exclusividade para todo o território nacional os jogos sociais do Estado, vai passar a oferecer prémios mais generosos nos jogos por ela explorados, caso do Totoloto e do Jocker. O objectivo é captar mais apostadores e tentar inverter a tendência de queda de receitas.

“Tendo-se constatado, recentemente, um decréscimo das apostas nos jogos sociais do Estado — que pode comprometer o financiamento assegurado pelos resultados líquidos da respectiva exploração — procura -se, através da presente iniciativa legislativa, estimular a procura das apostas nos jogos sociais do Estado através do aumento dos respectivos prémios”, lê-se no decreto-lei hoje divulgado em “Diário da República”.

O novo diploma, que entra em vigor na próxima segunda-feira, 31 de Agosto, procede à revisão dos montantes destinados aos prémios dos jogos sociais do Estado — lotarias e apostas mútuas.

Doravante, os montantes destinados a prémios nas lotarias passam a ser fixados num intervalo entre 50 % e 70 % do capital emitido. Nas apostas mútuas, o intervalo passa a oscilar entre 45 % e 60 % das receitas apuradas, enquanto que no Joker o montante destinado a prémios passa de 50 % para 55 % das respectivas receitas.

O decreto-lei estabelece ainda que a importância destinada a prémios em cada lotaria não pode ser inferior a 50 %, nem superior a 70 %, do capital emitido.
Ver comentários
Outras Notícias