Mundo Santos Silva reúne-se hoje com ministro russo em Moscovo

Santos Silva reúne-se hoje com ministro russo em Moscovo

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, reúne-se hoje com o seu homólogo russo, Serguei Lavrov, em Moscovo, no segundo e último dia de uma visita oficial à Rússia.
Santos Silva reúne-se hoje com ministro russo em Moscovo
Reuters
Lusa 26 de fevereiro de 2018 às 07:35

Santos Silva será recebido pelas 11:00 locais (08:00 em Lisboa) por Serguei Lavrov para "consultas políticas" no Palacete Grande do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, seguindo-se uma conferência de imprensa conjunta.

 

Em declarações à Lusa, Augusto Santos Silva disse que o foco desta visita oficial "começa por ser cultural".

 

No domingo, o chefe da diplomacia portuguesa participou no encerramento da exposição "Senhores dos Oceanos: Tesouros do Império Português nos séculos XVI- XVIII", patente nos museus do Kremlin, desde 8 de Dezembro último.

 

"Aproveito a circunstância para realizar uma reunião com o meu homólogo russo, na qual passaremos em revista quer temas bilaterais, incluindo relações económicas, quer temas de política externa, incluindo a relação entre a NATO e a Rússia, a política da Rússia face a países que são aliados de Portugal, incluindo os países bálticos, e naturalmente a situação muito preocupante que se vive no Médio Oriente", frisou.

 

Ao final da tarde de domingo, Augusto Santos Silva impôs insígnias ao correspondente da RTP em Moscovo, Evgueni Muravitch.

 

Quanto a uma visita do ministro dos Negócios Estrangeiros russo a Portugal, o chefe da diplomacia portuguesa acrescentou que o convite para a visita de Serguei Lavrov a Portugal mantém-se.

 

"Não foi possível organizá-la em 2017 mas poderá ser possível realizá-la em 2018. Temos relações políticas e diplomáticas com a Rússia, fazemos consultas políticas e diplomáticas regularmente", afirmou.

 

"O acordo de cooperação económica existe, trata-se agora de renová-lo e incrementá-lo, nas circunstâncias actuais devemos continuar a trabalhar com esse objectivo", concluiu.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Porreiro. 26.02.2018

Está em casa e em família. Não precisa levar a moca para malhar. Mas cuidado! Parece que as coisas estão a ficar feias para o camarada putin e às vezes as visitas comem por tabela.

Mr.Tuga 26.02.2018

Que "dupla".....

Anónimo 26.02.2018

Fixe, já pode trazer umas peças para os Kamov, comprados pelo nosso amigo Costa

pub