Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Se Portugal sair do euro é porque o euro acabou

As declarações de Luís Amado correram mundo e relançaram o debate em torno de Portugal se ver forçado a abandonar o euro. É verosímil?

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 16 de Novembro de 2010 às 00:01
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
"O fracasso em obter uma coligação governamental ampla para enfrentar a crise financeira poderia forçar Portugal a abandonar o euro". A afirmação do ministro dos Negócios Estrangeiros, em entrevista publicada neste sábado pelo "Expresso", foi citada em vários jornais europeus e chegou mesmo ao norte-americano "The Wall Street Journal" e ao "Folha de São Paulo" brasileiro.

Muito provavelmente Luís Amado quis sublinhar a urgência de um entendimento partidário alargado que garanta a Portugal a estabilidade política necessária para aprovar reformas duras e impopulares, que vão para além do horizonte de uma legislatura e que nenhum governo minoritário ousará, nem terá condições, para implementar na sua plenitude. Mas a mensagem que acabou por ser retida e ecoada foi a de que a saída de Portugal do euro poderia estar ao virar da esquina. Essa é, porém, uma hipótese que faz pouco sentido.









logo_empresas

Ver comentários
Saber mais Euro Portugal
Outras Notícias