Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguro: "Lembra-se do PEC IV, senhor primeiro-ministro?"

O líder do PS perguntou a Passos Coelho se se recorda do PEC IV, a propósito da entrega do Documento de Estratégia Orçamental, que actualiza o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), em Bruxelas, sem que ele seja discutido pelo Parlamento.

Bruno Simões brunosimoes@negocios.pt 27 de Abril de 2012 às 10:59
  • Partilhar artigo
  • 15
  • ...
“Lembra-se do PEC IV, senhor primeiro-ministro? Lembra-se de ter criado uma crise política porque não tinha sido discutido em Portugal esse PEC, e de ter sido entregue em Bruxelas?”, questionou António José Seguro. “Qual é a coerência? Assim se determina a credibilidade dos políticos”, constatou o líder dos socialistas.

Seguro também lançou um aviso ao Governo. Recordando o consenso político que existe em Portugal em torno do programa de ajustamento, Seguro questionou: “esta é maneira de tratar o Parlamento, e de agir para manter esse consenso?”. “Está cada vez mais isolado. Escolheu o caminho, mas vai sozinho, porque o PS não assina de cruz nenhum documento”, assegurou António José Seguro.

O líder do PS recordou que “a Lei exige que a Assembleia da República receba com 10 dias de antecedência o documento para o poder debater. É uma trapalhada, e não é a primeira vez, porque já com as Grandes Opções do Plano o senhor primeiro-ministro e o Governo fizeram o mesmo”. Passos Coelho não respondeu porque já não dispunha de tempo.

Já antes Seguro tinha acusado Passos Coelho de não ser coerente com as suas promessas eleitorais, nomeadamente de corte dos subsídios. O primeiro-ministro contrapôs com a herança do PS. “Esta é grande oportunidade de deitar para trás das costas vícios e políticas erradas”, afirmou, explicando que o Governo trata os portugueses “com maturidade”.
Ver comentários
Saber mais António José Seguro PEC IV Pedro Passos Coelho
Outras Notícias