Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguro: "Governo português está cada vez mais a ficar isolado"

Seguro diz que o Governo está cada vez mais "isolado". A ameaça da UGT e a rejeição da adenda ao Tratado, proposta pelo PS, são "alertas fortes para que o Governo perceba que tem de mudar de caminho e de política e tem de começar a dar mais prioridade ao emprego e ao crescimento económico". Veja aqui o vídeo.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 18 de Abril de 2012 às 13:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Após um encontro com o líder do PSOE, António José Seguro, secretário-geral do PS, não quis alongar-se em declarações sobre a ameaça deixada ontem por João Proença, secretário-geral da UGT, de "rasgar" o acordo de Concertação Social. Porém, adiantou que o que é "importante realçar é que o Governo português está cada vez mais a ficar isolado".

"O Governo português rejeitou a nossa proposta de acto adicional ao Tratado que tinha precisamente como prioridade o crescimento económico e o emprego. O líder da UGT também se queixa de que as partes relativas ao crescimento e ao emprego, que constam do acordo de concertação Social, não estão a ser concretizadas", afirmou ainda.

Neste sentido, Seguro considera que os factores são "um alerta forte para que o Governo perceba que tem de mudar de caminho e de política e tem de começar a dar mais prioridade" ao emprego e ao crescimento económico assim como "tem dado a outras áreas que correspondem a essa consolidação orçamental".


Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias