Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sem gravata e com o ambiente como prato principal, ministros já estão na Arrábida

O ambiente é informal, mas só na aparência. António Costa, ministros, secretários de Estado chegaram esta manhã ao Convento da Arrábida para um Conselho de Ministros que vai discutir um conjunto de diplomas sobre Ambiente.

Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 08 de Junho de 2016 às 12:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

Até à Arrábida num autocarro eléctrico, ou não fosse o ambiente o prato forte do Conselho de Ministros extraordinário que decorre esta quarta-feira, 8 de Junho, no Convento da Arrábida, em Setúbal. António Costa, juntamente com 22 membros do Governo, entre ministros e secretários de Estado, chegaram cedo para uma reunião marcada para as 10:00, mas que acabaria por se atrasar um pouco, já que o autocarro, demasiado grande, não conseguiu descer até ao local da reunião, obrigando os governantes a fazer uma pequena parte do percurso a pé.  

 

Tal como já havia sido anunciado pelo Governo, o tema principal que está neste momento a ser debatido é o ambiente – assinala-se, aliás, o Dia Mundial do Ambiente, que se comemorou no passado domingo. E este chapéu abarca um conjunto de diplomas que incluem, por exemplo, a área da reabilitação urbana ou o ordenamento do território.

 

O Executivo vai avançar com alterações ao Programa Nacional de Políticas de Ordenamento do Território (PNPOT), o instrumento de desenvolvimento territorial que serve de base à generalidade dos instrumentos de gestão territorial e estabelece as grandes opções referentes à organização do território nacional.

 

Além disso, está a ser discutido o Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado, um fundo de investimento imobiliário, alimentado com verbas da Segurança Social e que tem como objectivo colocar no mercado do arrendamento 7.500 imóveis reabilitados e com rendas acessíveis.

 

segundo uma nota do gabinete do ministro João Pedro Matos Fernandes, serão aprovados diplomas "que respondam aos novos desafios que se colocam a Portugal e que ilustram a política do Ministério do Ambiente a partir de um triângulo que tem como vértices a descarbonização da sociedade, a economia circular e a valorização do território". Entre as medidas a anunciar deverão estar algumas já previstas no Simplex 2016, cujas linhas gerais foram conhecidas no final de Maio.

Ver comentários
Saber mais Arrábida Conselho de Ministros Convento da Arrábida António Costa Governo Programa Nacional de Políticas de Ordenamento do Território Fundo Nacional para a Reabilitação do Edificado João Pedro Matos Fernandes
Outras Notícias