Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sistema bancário europeu passa teste do financiamento

Os bancos da Zona Euro pediram 131,9 mil milhões de euros emprestados ao Banco Central Europeu (BCE) no leilão de financiamento a três meses. Esta operação era aguardada com expectativa para perceber quão estrangulado estava o acesso a fundos pelos bancos. O montante, inferior a 220 mil milhões, significa que o sistema bancária passou, por agora, o teste.

André Veríssimo averissimo@negocios.pt 30 de Junho de 2010 às 10:41
  • Partilhar artigo
  • ...
Os bancos da Zona Euro pediram 131,9 mil milhões de euros emprestados ao Banco Central Europeu (BCE) no leilão de financiamento a três meses. Esta operação era aguardada com expectativa para perceber quão estrangulado estava o acesso a fundos pelos bancos. O montante, inferior a 220 mil milhões, significa que o sistema bancária passou, por agora, o teste.

Amanhã os bancos da região que recorreram ao financiamento de 442 mil milhões de euros a 12 meses têm de devolver o empréstimo ao BCE. A procura pela linha de crédito a três meses estava a ser encarada como um barómetro à confiança no sistema financeiro.

Dado que o financiamento junto do BCE se faz à taxa de referência de 1% e as taxas a três meses no mercado interbancário rondam os 0,75%, uma forte procura pelo leilão significaria que os bancos continuavam a ter de se financiar junto da autoridade monetária, mesmo pagando juros mais altos.

Os analistas apontavam para um montante em redor dos 220 mil milhões de euros. Uma soma inferior seria um sinal de acalmia e maior confiança nos bancos entre si. O valor final acabou por ficar muito abaixo.

Os mercados reagiram de imediato à notícia, com o euro a subir 0,62% para os 1,2263 dólares e a sinalizar o alívio dos investidores. O mesmo sentimento levou à queda no preço das obrigações de dívida pública alemã.

As bolsas europeias também reagiram em alta, em especial as dos países periféricos. A praça lisboeta segue a subir 2,27%, a espanhola 1,68% e a da Grécia 3,43%.

Ver comentários
Outras Notícias