Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sócrates defende maior integração europeia

Antigo primeiro-ministro defende que os novos líderes europeus devem ser eleitos. Numa breve entrevista à RTP, justifica as suas declarações sobre o pagamento da dívida.

Negócios negocios@negocios.pt 08 de Dezembro de 2011 às 21:18
  • Partilhar artigo
  • 34
  • ...
As alterações ao tratado europeu têm o apoio de José Sócrates. "Significa a transferência de soberania para o centro, o que não me incomoda nada. Sempre fui de orientação federalista", afirmou o antigo primeiro-ministro numa breve entrevista à RTP.

Questionado sobre o eventual domínio da França e da Alemanha, José Sócrates acrescentou que o processo deve ser acompanhado de mecanismos de legitimidade democrática."Se há alguma alteração no tratado [espero que] vá também no sentido de corresponder a um reforço democrático na Europa, isto é, à eleição daqueles que vão ter esses poderes na Europa".

Nas declarações à RTP, Sócrates justificou as polémicas afirmações proferidas numa universidade em Paris, onde disse que pagar a dívida "é uma ideia de criança".

"Eu refiro-me naturalmente ao pagamento integral e imediato da dívida. (...) A ideia de que Portugal e Espanha deviam pagar a totalidade da dívida e fazê-lo no próximo ano parece-me realmente uma ideia infantil", justificou, recusando "alimentar polémica" com os seus "adversários políticos com base em factos "deturpados".

A ideia a que Sócrates agora se refere não tem estado, no entanto, no centro do debate. "Acho que ninguém pode discordar [da ideia de que a dívida pode ser paga de uma só vez]", reagiu Passos Coelho, em declarações à RTP.

Ver comentários
Saber mais José Sócrates
Outras Notícias