Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Socialistas europeus vão votar contra Durão Barroso

O grupo do Partido SocialistaEuropeu (PSE) vai votar contra Durão Barroso para a presidênciada Comissão Europeia, embora aceite que algumas delegações nacionaisvotem a favor ou se abstenham, disse à agência Lusa fonte parlamentar.

Negócios negocios@negocios.pt 21 de Julho de 2004 às 21:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O grupo do Partido SocialistaEuropeu (PSE) vai votar contra Durão Barroso para a presidênciada Comissão Europeia, embora aceite que algumas delegações nacionaisvotem a favor ou se abstenham, disse à agência Lusa fonte parlamentar.

Segundo a mesma fonte, o grupo, que se reuniu depois da intervenção de Durão Barroso em plenário, analisou «profundamente» as declaraçõesdo ex-primeiro ministro português, ouviu-o duas vezes e concluiu que Barroso «não cumpre as condições necessárias» para presidir aos destinos do executivo comunitário.

A posição da maioria dos socialistas europeus será assim contra Barroso, mas as delegações espanhola (25 deputados) e britânica votarão a favor, apesar dos apelos na reunião para que estes deputados optassem pela abstenção.

Os 12 eurodeputados portuguesesreafirmam apenas que não inviabilizarão a eleição de Barroso.

Na reunião foram feitas várias críticas a Durão Barroso, em especial a sua posição em relação ao Iraque, sobre a qual o presidente do grupo, Martin Schultz, afirmou que o ex-primeiro-ministro português «não disse que se enganou» nem que hoje teria uma posição diferente em relação à intervenção militar.

«Ele está ao nível de George W. Bush», afirmou o alemão, segundo a mesma fonte, acrescentando que, se Barroso não for eleito, «o mundo não acaba».

Barroso é ainda criticado pelas suas posições em relação à Europa social, bem como por ser um candidato da direita.

O grupo dos socialistas tem 200 eurodeputados, a segunda maior família política do Parlamento Europeu, depois do Partido Popular Europeu, com 268 europeus.

Outras Notícias