Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sócrates garante que o investimento privado em Sines será acompanhado pelo Estado

O primeiro-ministro José Sócrates deu hoje a sua garantia de que o investimento púbico irá acompanhar os investimentos privados que estão a ser feitos em Sines, indicando que até ao fim do ano será adjudicada a concessão que irá alargar e melhorar o IP8.

Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 13 de Março de 2008 às 11:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O primeiro-ministro José Sócrates deu hoje a sua garantia de que o investimento púbico irá acompanhar os investimentos privados que estão a ser feitos em Sines, indicando que até ao fim do ano será adjudicada a concessão que irá alargar e melhorar o IP8.

"O Estado português tem bem consciência do que Sines significa e, por isso, algumas obras são decisivas para Sines e para o país", disse Sócrates, indicando que na região alentejana será dada a prioridade a três obras públicas.

"Teremos aeroporto de Beja até ao final do ano"

Além do IP8, principal via rodoviária de acesso a Sines, o primeiro-ministro referiu que "teremos aeroporto de Beja até ao fim do ano" e que a ligação ferroviária a Sines "está já em avaliação de impacto ambiental".

Sócrates falava na cerimónia de lançamento da nova fábrica da La Seda de Barcelona em Sines, uma unidade química que representa um investimento de 400 milhões de euros, começa a produzir em 2010 e terá uma forte vocação exportadora.

O presidente da La Seda, Rafael Español, comentou que "a fábrica de Sines tem todas as virtudes de eficiência" e agradeceu o apoio da Caixa Geral de Depósitos (CGD) como accionista. "Sabemos que a política da CGD é não ser o maior accionista, mas isto já é muito importante", afirmou.

Por seu lado, o presidente da CGD, Faria de Oliveira, declarou que a sua posição na La Seda, em torno de 4%, "é eminentemente instrumental", servindo para "apoiar a economia nacional e o investimento industrial".

Ver comentários
Outras Notícias