Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sondagens mostram aumento dos partidários da independência da Escócia

De acordo com a última sondagem, desde Março cerca de um quarto dos indecisos passaram a apoiar uma Escócia independente, apesar de a maioria continuar a preferir a manutenção enquanto membro do Reino Unido.

Bloomberg
David Santiago dsantiago@negocios.pt 28 de Julho de 2014 às 19:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As últimas sondagens mostram que aproximadamente um quarto dos eleitores, que se mostravam indecisos quanto à independência da Escócia, passaram, desde Março até Junho, para o lado dos defensores da independência. Ainda assim, se o referendo tivesse lugar agora o "não" venceria, o que significa que a Escócia continuaria a pertencer à comunidade designada de Reino Unido.

 

O British Election Study avaliou as mesmas 6 mil pessoas, entre Maio e Junho, que haviam sido consultadas entre Fevereiro e Março, e concluiu que a diferença entre os partidários da independência e os defensores da manutenção no Reino Unido se estreitou em cerca de 3 pontos percentuais.

 

Esta sondagem, citada pelo The Guardian, mostra que o "não" venceria com 51%, enquanto os independentista alcançariam os restantes 39%. Dos 11% de indecisos na consulta de Março, um quarto passou para o lado do "sim" e 16% optariam entretanto pelo "não".

 

Todavia, a menos de dois meses do referendo a diferença tem vindo a decrescer paulatinamente, o que permite aos independentista acalentar uma eventual reviravolta.

 

O referendo popular que vai colocar aos escoceses a pergunta sobre se pretendem a independência da Escócia, face ao Reino Unido, decorrerá no próximo dia 18 de Setembro.

 

Ver comentários
Saber mais Escócia Reino Unido Referendo
Outras Notícias