Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida do preço de petróleo não vai afectar inflação este ano

O economista chefe do Banco Central Europeu (BCE), Otmar Issing, disse que a subida dos preços do petróleo este ano não fez com que os sindicatos pedissem aumentos salariais, o que vai permitir que a inflação abrande.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 06 de Dezembro de 2004 às 08:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O economista chefe do Banco Central Europeu (BCE), Otmar Issing, disse que a subida dos preços do petróleo este ano não fez com que os sindicatos pedissem aumentos salariais, o que vai permitir que a inflação abrande.

Os comentários de Issing sugerem que o BCE não está preocupado em subir a taxa de juro de referência, numa altura em que a actividade económica da Zona Euro mostra sinais de abrandamento. O banco manteve a taxa de juro nos 2% a 2 de Dezembro, o valor mais baixo em seis décadas, apesar do presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, ter dito que os responsáveis discutiram uma subida dos juros devido a uma preocupação com o panorama da inflação.

Os sindicatos dos trabalhadores e as empresas estão a responder de forma «decididamente diferente» ao aumento dos preços da matéria-prima quando comparado com os anos 70, altura em que se verificou uma espiral de subidas de preços e de salários o que causou «interrupções» e «verdadeiros processos inflacionários», afirmou Issing.

O «brent» [co1], negociado em Londres, subia 0,86% para os 39,7 dólares (29,52 euros), enquanto o crude [cl1], transaccionado em Nova Iorque, avançava 0,94% para os 42,86 dólares (31,87 euros).

O euro [eur] desvalorizava 0,12% para os 1,3438 dólares, a recuar do novo máximo histórico de 1,3461 dólares alcançado na sexta-feira.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias