Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Substituição de professores caiu para metade durante a pandemia

No ano passado, entre abril e o encerramento do ano letivo, mais de 2.300 professores tiveram de ser substituídos. Este ano, durante o mesmo período, o número caiu para metade, segundo o Público.

Já há escolas encerradas e férias da Páscoa podem ser antecipadas.
Bruno Colaço
Negócios jng@negocios.pt 06 de Agosto de 2020 às 09:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Durante a pandemia, que obrigou a implementar o ensino à distância, o número de professores que tiveram que ser substituídos, a larga maioria por doença, caiu para metade face ao número registado em igual período do ano passado, de acordo com os dados do Ministério da Educação (ME) citados pelo Público.

"Desde abril de 2019 até ao final desse ano letivo, procedeu-se ao dobro de substituições de professores, quando comparado com igual período do ano letivo de 2019/2020. Ou seja, entre abril de 2019 e o final desse ano letivo (2018/2019) foram substituídos mais de 2300 professores e, desde abril de 2020 até ao final do ano letivo vigente (2019/2020), o número de docentes substituídos foi de cerca de 1200", lê-se na resposta do ME enviado ao mesmo jornal.

O ministério explicou ainda que em causa estão, sobretudo, casos relativos a baixas médicas, uma vez que a substituição de docentes por períodos prolongados é normalmente por esse motivo.

Ver comentários
Saber mais educação
Mais lidas
Outras Notícias