Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sueca Anticimex dispara serviços de desinfeção em Portugal

O novo coronavírus obrigou a multinacional a desviar esforços e equipas do controlo de pragas para as desinfeções. Aumento de 800% na procura força recrutamento de técnicos no país, onde faturou 6 milhões em 2019.

DR
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 07 de Abril de 2020 às 12:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Espaços públicos, empresas, galerias comerciais e instituições de solidariedade social estão a procurar cada vez mais os serviços especializados de desinfeção desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavírus, que já vitimou 345 pessoas em Portugal.

 

A sueca Anticimex, que opera em Portugal desde 2013, contabiliza um aumento da procura de 800% no país nestas últimas semanas, o que obrigará a aumentar "entre 30% a 40%" a atual equipa de 75 técnicos especializados.

 

"Estamos a alocar todos os nossos recursos para este serviço sanitário especializado, fundamental nesta altura para ajudar a conter a propagação do vírus e dar segurança às populações", refere Paulo Coelho, diretor-geral em Portugal, prevendo realizar mais de 4.000 desinfeções nos próximos três meses.

 

O controlo de pragas é a principal atividade da Anticimex, mas a covid-19 obrigou a multinacional a reduzir o fluxo de trabalho nessa área e a "concentrar todos os esforços e equipas" nestes serviços de desinfeção, que podem ser realizados por pulverização direta ou nebulização.

 

Contando com seis delegações e mais de uma centena de trabalhadores em Portugal, que prestam serviços em qualquer região, incluindo Madeira e Açores, a filial portuguesa registou um crescimento de 27% em 2019, atingindo uma faturação de 6 milhões de euros.

Antiga CUF carrega "pistolas" para desinfetar cidades

A Bondalti disponibilizou gratuitamente cinco toneladas de hipoclorito de sódio a cada uma das capitais de distrito portuguesas e também ao município de Estarreja, onde está instalada a principal fábrica, para ser usado em operações de limpeza e desinfeção urbana em todo o país. Este composto químico, produzido regularmente pela antiga Companhia União Fabril (CUF), pertencente ao grupo José de Mello, é usado numa solução de água, sendo aplicado com pistolas de alta pressão para a limpeza e desinfeção de arruamentos e zonas públicas.

Ver comentários
Saber mais Coronavírus covid-19 desinfeção Anticimex suécia emprego
Mais lidas
Outras Notícias