Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de desemprego cai mais do que esperado nos EUA

Os números do desemprego anunciados esta sexta-feira nos EUA dão conta de uma quebra da taxa de desemprego superior ao esperado, apesar de a economia ter criado um número de postos de trabalho inferior ao antecipado pelos economistas.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 02 de Agosto de 2013 às 13:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A taxa de desemprego dos Estados Unidos da América (EUA) caiu de 7,6% para 7,4%, em Julho, segundo os dados do Departamento do Trabalho citados pela Bloomberg. Uma diminuição mais ampla do que esperado pelos economistas, cujas estimativas compiladas pela agência noticiosa apontavam para um taxa 7,5%.

 

Ao mesmo tempo, foram divulgados os dados do número de postos de trabalho criados, que se saldaram em 162 mil durante o mês de Julho. Um número que compara com um crescimento esperado de 185 mil novos postos de trabalho para que apontavam as estimativas.

 

Os dados divulgados esta tarde nos EUA sinalizam que a recuperação do mercado de trabalho poderá ser demorada, refere a Bloomberg. Se, por um lado, a recuperação do consumo é propícia à criação de emprego, por outro, o ritmo lento das contratações poderá reflectir que as empresas estão confiantes de que poderão fazer face à procura com o actual nível de funcionários.

 

"Este continua a ser um mercado de trabalho difícil", afirmou o economista da Moody's Analytics, Ryan Sweet, à agência de notícias. "O impacto no emprego do impasse [relativo à redução da despesa pública] ainda não desapareceu do mercado de trabalho. Ao mesmo tempo, as condições estão a alinhar-se para um crescimento mais forte", concluiu.

Ver comentários
Saber mais emprego economia EUA crescimento
Outras Notícias