A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de desemprego nos Estados Unidos sobe para 6%; máximo desde 1994

A taxa de desemprego nos Estados Unidos subiu mais que o esperado em Abril, atingindo os 6%, o valor mais alto desde Agosto de 1994. A economia norte-americana criou 43 mil novos postos de trabalho, menos que o aguardado.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 03 de Maio de 2002 às 13:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A taxa de desemprego nos Estados Unidos subiu mais que o esperado em Abril, atingindo os 6%, o valor mais alto desde Agosto de 1994. A economia norte-americana criou 43 mil novos postos de trabalho, menos que o aguardado.

Os analistas esperavam que a taxa de desemprego nos Estados Unidos subisse para os 5,8%, depois de ter crescido para 5,7% em Março.

No mês de Abril, apesar da subida da taxa de desemprego, a economia norte-americana criou 43 mil novos postos de trabalho, quando os analistas aguardavam que este valor totalizasse 55 mil.

O sector dos serviços contratou 134 mil novos trabalhadores, enquanto as companhias industriais reduziram 38 mil postos de trabalho, o valor mais baixo desde Outubro de 2000.

Os analistas explicam que os empresários estão ainda relutantes em realizar admissões de novos trabalhadores, dado o ritmo de recuperação da economia ser ainda incerto, optando por isso por pedir aos empregados para realizar horas extra, ou fazer contratos de trabalho de «part-time».

A economia norte-americana, depois do período de recessão que atravessou em 2001, registou um crescimento de 5,8% nos primeiros três meses deste ano, mas deverá abrandar no presente trimestre.

Com o crescimento do desemprego a Reserva Federal norte-americana (FED) deverá manter as taxas de juro do país nos 1,75%, aguardando por sinais de sustentação de recuperação da maior economia do mundo para elevar o custo do dinheiro. A FED vai reunir-se na próxima semana.

Outras Notícias