A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxas de juro no crédito à habitação descem em Maio para 5,582%

As taxas de juro implícitas no crédito à habitação em Portugal registaram uma descida de 0,114 pontos percentuais em Maio, fixando-se nos 5,582%, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Ricardo Domingos rdomingos1@gmail.com 04 de Julho de 2002 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As taxas de juro implícitas no crédito à habitação em Portugal registaram uma descida de 0,114 pontos percentuais em Maio, fixando-se nos 5,582%, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

No regime geral, esta taxa diminuiu 0,119 pontos percentuais para os 5,475%, enquanto no regime bonificado decresceu 0,111 pontos percentuais para os 5,652%.

No segmento do crédito à habitação, a taxa de juro para a construção de habitação foi de 5,916%. Para a aquisição de habitação a taxa de juro foi de 5,513%.

O montante médio do capital em dívida, por contrato, aumentou dos anteriores 38.199 euros para os 38.223 euros.

«Esta evolução reflecte um comportamento díspar entre o regime bonificado e o regime geral, já que no primeiro ocorreu uma subida de 68 euros e no segundo uma descida de 20 euros, explica o INE em comunicado.

No regime bonificado jovem, o montante médio de capital em dívida foi de 50.591 euros, enquanto no regime bonificado não jovem este valor foi de 33.614 euros.

«Os contratos para aquisição de habitação foram aqueles com valor médio de capital em dívida mais elevado: 40.463 euros. O valor médio dos juros neste destino de financiamento foi de 180 euros por contrato, dos quais 146 euros foram suportados pelos mutuários», esclarece o instituto.

Ver comentários
Outras Notícias