Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxas Euribor voltam a subir

As taxas Euribor, os indexantes mais recorrentes nos empréstimos à habitação, voltaram a subir em todos os prazos, para valores próximos dos 4,9%, ou, no caso da Euribor a 12 meses, cada vez mais perto dos 5%. Estas subidas representam más notícias para a

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 29 de Abril de 2008 às 11:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As taxas Euribor, os indexantes mais recorrentes nos empréstimos à habitação, voltaram a subir em todos os prazos, para valores próximos dos 4,9%, ou, no caso da Euribor a 12 meses, cada vez mais perto dos 5%. Estas subidas representam más notícias para as famílias que voltam a ver os encargos com os empréstimos à habitação aumentarem.

A Euribor a 6 meses avançou hoje para os 4,883%, o que representa o valor mais elevado desde 18 de Dezembro. A mesma evolução teve a Euribor a três meses que subiu para os 4,857%. Já a Euribor a 12 meses subiu hoje para os 4,965%, o que corresponde ao valor mais elevado desde Dezembro de 2000.

As taxas Euribor estão a reflectir a instabilidade que se tem vivido no sistema financeiro, com os bancos a pedirem dinheiro a outros bancos e a verem os juros cobrados por esses empréstimos a aumentar. É que as taxas Euribor além de serem indexantes nos créditos à habitação são também taxas interbancárias, ou seja, são os juros cobrados entre os bancos para se financiarem.

Além destas questões, as Euribor estão a ainda a reflectir a especulação em torno de possíveis aumentos de juros por parte do Banco Central Europeu (BCE). Os responsáveis da autoridade monetária têm sublinhado a importância de controlar a inflação perto dos 2% e os dados têm revelado que esta taxa tem estado acima dos 3%, no nível mais elevado dos últimos 16 anos.

E estes factores têm aumentado a especulação em torno de um possível aumento de juros na Zona Euro, o que se tem reflectido nas taxas Euribor.

Outras Notícias