Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxas moderadoras com mais isenções do que o previsto

Paulo Macedo foi menos longe do que chegou a anunciar. Além de não alargar o controlo de rendimentos a todos os utentes actualmente isentos, subiu o tecto de rendimentos que assegura a gratuitidade. A má notícia - o aumento das taxas moderadoras -, essa ficou para mais tarde.

Marlene Carriço marlenecarrico@negocios.pt 30 de Setembro de 2011 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O anúncio feito ontem pelo ministro da Saúde soou menos duro do que se esperava.

Depois de ter dito que o critério para a atribuição de isenções seria o do rendimento - que não poderia ultrapassar o salário mínimo nacional -, ontem Paulo Macedo revelou que continuará a haver pessoas isentas independentemente do rendimento, e mesmo nos casos em que o rendimento é condição para se beneficiar da isenção o tecto foi esticado de 485 para os 629 euros por membro do agregado. A má notícia foi por agora adiada e diz respeito à subida das taxas moderadoras.


logo_empresas

Ver comentários
Saber mais Paulo Macedo isenções taxas
Mais lidas
Outras Notícias