Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tecnologia de testes e ventiladores portugueses para o Brasil e PALOP

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior tem sido contactado para partilha da tecnologia dos testes à covid-19 e de ventiladores.

A carregar o vídeo ...
PME no Radar 2
Filipe Fernandes ffernandes@mediafin.pt 28 de Abril de 2020 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

"Tive contactos com o Brasil tanto por causa da capacidade dos nossos laboratórios realizaram testes, que no Brasil está a ser um problema particularmente importante, assim como os ventiladores", referiu Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, no segundo Think Tank Digital «PME no Radar», a iniciativa do Negócios, em parceria com o Santander, que está a promover a discussão em setores-chave da Economia.

 

Portugal está também a ajudar instituições como a Fundação Fiel Cruz a conseguir no Brasil a mobilização da comunidade científica para ajudar o sistema de saúde como foi feito em Portugal.


Mas os equipamentos requerem uma capacidade humana e recursos humanos qualificados, sublinhou o ministro da Ciência. "Por exemplo um ventilador não pode ser usado sem um médico intensivista ou um técnico de saúde altamente treinado. Tal como os testes de engenharia molecular também requerem capacidade e experiência humana".

 

O combate à uma pandemia de Covid-19 não pode ficar por bens transacionáveis como os equipamentos mas tem de conjugar com a formação e a especialização de recursos humanos. Portugal tem trabalhado ao longo dos últimos anos na formação ativa dos seus recursos.

 

"E numa ação que estamos a planear para os PALOPS e para o Brasil prevê-se que além da disponibilização de equipamentos e meios, a formação e treino de recursos humanos é particularmente crítica neste tipo de situações porque se está a lidar com pessoas e com uma grande incerteza", concluiu Manuel Heitor.

 

Capacidade de produção de testes passou de 100 para 4 mil por dia

 

"Hoje Portugal é também no top de mais testes realizados por milhão de habitantes, com muitos testes adquiridos no estrangeiro, mas também com muita produção própria", sublinhou Manuel Heitor, ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

 

Há três semanas produziam-se 100 testes por dia, nos 16 laboratórios certificados, hoje temos uma capacidade de mais de 4 mil testes, para além da capacidade dos laboratórios privados e do Sistema Nacional de Saúde, garante Manuel Heitor.

Ver comentários
Saber mais Think Tank Digital PALOP Manuel Heitor Ensino Superior PME no Radar
Mais lidas
Outras Notícias