Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Teixeira dos Santos defende que recurso a dinheiros públicos “é muito limitado”

O ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, sublinhou hoje, em Bruxelas, que o investimento no novo aeroporto da Ota será "essencialmente" feito pela iniciativa privada com um impacto reduzido no orçamento público.

Negócios com Lusa 27 de Março de 2007 às 15:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ministro das Finanças, Fernando Teixeira dos Santos, sublinhou hoje, em Bruxelas, que o investimento no novo aeroporto da Ota será "essencialmente" feito pela iniciativa privada com um impacto reduzido no orçamento público.

"É esforço financeiro que não é particularmente exigente para o orçamento de Estado, o recurso a dinheiros públicos é muito limitado", disse o responsável governamental referindo-se ao aeroporto da Ota à margem de uma reunião dos ministros das Finanças da União Europeia.

Teixeira dos Santos referiu que "está claramente reconhecido que o aeroporto de Lisboa já dá sinais de esgotamento da sua capacidade" e que "os estudos técnicos apontam como a localização adequada a Ota".

O novo aeroporto irá assim receber dinheiros públicos nacionais e comunitários.

Num documento enviado para Bruxelas sobre o Programa Operacional Desenvolvimento Territorial, o novo aeroporto é mencionado como "candidato potencial" para uma ajuda de 170 milhões de euros do Fundo de Coesão, num investimento total no projecto de três mil milhões.

Outras Notícias