Política "Temos uma imprescritível dívida de gratidão para com a Grécia", diz Marcelo

"Temos uma imprescritível dívida de gratidão para com a Grécia", diz Marcelo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que há "uma imprescritível dívida de gratidão" para com a Grécia, enaltecendo a forma como tem acolhido milhares de refugiados e salientando a importância da cultura grega.
"Temos uma imprescritível dívida de gratidão para com a Grécia", diz Marcelo
EPA/Lusa
Lusa 13 de março de 2018 às 21:50

Num jantar em sua honra oferecido pelo Presidente grego, Prokopios Pavlopoulos, no Palácio Presidencial, em Atenas, durante a sua visita de Estado à Grécia, Marcelo Rebelo de Sousa voltou a prestar "uma homenagem sentida ao povo grego, pelos sacrifícios por que passou, pela dignidade que sempre demonstrou, pela determinação de que nunca abdicou".

 

"Sabemos bem, gregos e portugueses, quão dura foi a crise económica e financeira. Tal como sabemos que não podemos ignorar as lições deste passado tão duro e tão recente. Lições que nos devem impelir a avançar para a conclusão da união económica e monetária, para enfrentar com ambição o próximo quadro financeiro plurianual, e sempre a lutar para manter a unidade europeia", disse.

 

Com Prokopios Pavlopoulos ao seu lado, o chefe de Estado prosseguiu: "Uma luta cujas fileiras a Grécia tem corajosamente integrado, batendo-se pela vida e pela dignidade humanas, acolhendo milhares de refugiados, não recuando perante desafios políticos e sociais, com que poucos de nós teremos algum dia sido confrontados. Garantindo que a tradição europeia de acolhimento, protecção e asilo não era posta em causa".

 

"É por isso que todos nós temos uma imprescritível dívida de gratidão para com a Grécia. E Portugal e os portugueses orgulham-se de terem estado sempre ao lado da Grécia neste período difícil", defendeu.

 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
OS GREGOS QUE SE LIXEM !!! 13.03.2018

PORQUE NOS ROUBARAM O CANECO DO EURO 2004

AA 13.03.2018

ESTE PATETA ALEGRE TROCOU-SE TODO. O QUE ELE QUIS DIZER FOI QUE TEMOS UMA DÍVIDA QUASE COMO A DA GRÉCIA. AFINAL FOMOS GOVERNADOS PELOS MESMOS CORRUPTOS POR ISSO É QUE ELES SE DÃO TÃO BEM. SUBMARINOS, AUTO-ESTRADAS, LUSOPONTES, "UNIVERSIDADES" PRIVADAS, HOSPITAIS PRIVADOS, PRIVATIZAÇÕES, ETC.

pub