Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Teodora Cardoso: Governo deve tirar lições do optimismo nas previsões

O Governo não fez por mal, mas errou por muito nas suas previsões, o que dá força à recomendação do Conselho de Finanças Públicas de que as previsões orçamentais sejam entregues a uma entidade independente.

Rui Peres Jorge rpjorge@negocios.pt 18 de Setembro de 2012 às 15:21
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
Teodora Cardoso considera que Governo deve tirar lições dos erros orçamentais deste ano, os quais resultam de optimismo excessivo nas previsões. O optimismo dos vários Executivos relativo às perspectivas orçamentais é já uma “tradição”, defende a presidente do Conselho de Finanças Públicas, usando este exemplo como mais um argumento a favor da entrega das previsões a uma entidade independente.

O Governo falhará o objectivo orçamental para este ano que estava fixado em 4,5% do PIB, devido essencialmente ao mau desempenho das receitas fiscais, afimrou a Presidente do Conselho de Finanças Públicas. Mesmo a nova meta acordada com a troika, 5% do PIB, só será alcançada com receitas extraordinárias, confirmou na semana passada o Primeiro-ministro.

“O problema de facto ocorreu do lado da receita. Do lado da receita há duas questões que estão na origem disto, um deles está na própria previsão de receita, a outra está na interacção entre as medidas de política e a economia”, afirmou esta manhã Teodora Cardoso, numa sessão promovida pelo CFP para apresentar um conjunto de propostas para a revisão da Lei das Finanças Locais.

A economista considera que os erros do Executivo não foram deliberados: "Temos tradição de optimismo no orçamento, mas não me parece que tenha sido propositado”, afirmou, para considerar que tal reforça os argumentos a favor da entrega das previsões orçamentais a uma entidade independente, “como acontece em vários países”. Teodora considera que, assim, o Governo ficaria mais defendido dos seus erros, não podendo ser acusado de ter um objectivo político determinado”.

Ver comentários
Saber mais Conselho de Finanças Públicas Teodora Cardoso optimismo previsões
Outras Notícias