Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tráfego fluvial de passageiros recua 5,9% em 2003

O tráfego fluvial de passageiros em Portugal foi responsável pela movimentação de 36 milhões de passageiros durante o ano de 2003, a que corresponde a uma queda de 5,9% face ao ano de 2002, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 25 de Outubro de 2004 às 15:00

O tráfego fluvial de passageiros em Portugal foi responsável pela movimentação de 36 milhões de passageiros durante o ano de 2003, a que corresponde a uma queda de 5,9% face ao ano de 2002, anunciou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

No rio Tejo, o ano passado saldou-se uma queda de 8,1% no movimento de passageiros, para 32,6 milhões de pessoas, e de 32,2% no transporte de veículos entre as duas margens.

O INE acrescenta durante o ano de 2003, o movimento de veículos em carreiras nacionais – veículos motorizados de carga e passageiros, motociclos e velocípedes com e sem motor – registou um decréscimo de 36,1%. O instituto estatístico oficial português salienta contudo que para tal evolução «não é alheio o cancelamento da ligação Sardoura – Entre os Rios».

Além disso verificaram-se recuos de 32,3% neste segmento no Rio Tejo e de 3,5% no Rio Sado, relembra o INE.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio