Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trichet diz explosões sem impacto «significativo» no funcionamento dos mercados

As explosões que ocorreram esta manhã em Londres não tiveram um impacto «significativo» nos mercados que estão a funcionar normalmente desde que assolaram esta manhã a capital britânica, afirmou Jean Claude Trichet, acresentando que o BCE está, no entanto

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 07 de Julho de 2005 às 15:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As explosões que ocorreram esta manhã em Londres não tiveram um impacto «significativo» nos mercados que estão a funcionar normalmente desde que assolaram esta manhã a capital britânica, afirmou Jean Claude Trichet, acresentando que o BCE está, no entanto, pronto para agir caso seja necessário.

«Não acreditamos que nesta fase dos acontecimentos tenha um impacto significativo» nos mercados, afirmou o presidente do Banco Central Europeu (BCE), no seu habitual discurso depois da divulgação da decisão relativa aos juros que foi hoje mais uma vez mantê-los nos 2%.

O mesmo responsável explicou que, «nestas condições excepcionais, o dever de uma instituição como a nossa é cumprir o nosso mandato, estarmos alerta e calmos».

«Nós analisamos os prós e os contras de uma eventual acção e julgamos todos que as taxas estão em níveis apropriados», explicou Trichet sublinhando que o BCE vai estar «alerta e vigilante» aos «mercados monetários».

Depois das explosões, o presidente do BCE tem estado em contacto com o governador do Banco de Inglaterra (que também manteve hoje a sua taxa de juro inalterada), Mervyn King, para saber acerca do funcionamento dos mercados e «a nossas conclusão é que estes estão a funcionar normalmente. Estamos alerta, vigilantes, estamos a ter em conta todos os desenvolvimentos e vamos continuar em comunicação».

Trichet explica que neste momento não tem informação que o leve a agir mas que se houvesse «agiríamos na altura certa». O responsável revelou ainda que contactou o presidente da Reserva Federal, Alan Greenspan e que este é da mesma opinião «todas as infra-estruturas estão a funcionar».

Relativamente à decisão de manter hoje os juros no valor mais baixo dos últimos 60 anos, Trichet explicou que têm «exactamente a mesma opinião do que na última reunião», ou seja «a política monetária é apropriada dadas as actuais previsões para estabilidade dos preços a médio prazo».

As bolsas europeias chegaram a desvalorizar mais de 3%, mas seguiam agora com perdas mais contidas, abaixo de 2%.

Ver comentários
Outras Notícias