Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trump volta a apelar à união numa mensagem em que já terminou com o "God Bless America"

No seu discurso de vitória foi notado que Donald Trump não o conclui com o habitual "God Bless America". Fê-lo agora numa mensagem pelo Dia de Acção de Graças.

A carregar o vídeo ...
Negócios 24 de Novembro de 2016 às 12:05
  • Partilhar artigo
  • ...

Mais uma declaração de união. Donald Trump, presidente eleito dos Estados Unidos, endereçou uma mensagem à nação pelo Dia de Acção de Graças, que decorre esta quinta-feira, 24 de Novembro, dia feriado nos Estados Unidos.


"É altura de restabelecer-nos as ligações de confiança entre cidadãos. Porque quando a América está unida, não há nada que não consigamos alcançar. Absolutamente nada".


Na declaração, em vídeo, Donald Trump voltou a lembrar a campanha política "histórica", que, reforçou, já terminou, considerando que a campanha foi longa e que deixou marcas, que não se curam da noite para o dia. "Infelizmente não passa de forma rápida".

"Mas gora começa a grande campanha nacional para reconstruir o nosso país" e garantir a promessa de uma América "para todas as nossas pessoas". Pediu, de seguida, que os americanos se juntem nesse esforço. É também este, considera Trump, o momento de "fazermos, juntos, história de trazer verdadeira mudança em Washington, verdadeira segurança às nossas cidades e verdadeira prosperidade às nossas comunidades incluindo às nossas cidades do interior – tão importantes para mim e para o nosso país. Mas para sermos bem sucedidos temos de alistar o esforço de toda a nação".

Deixou o desejo de que o Dia de Acção de Graças seja o início do fim das divisões. E citou Lincoln, lembrando as suas palavras quando declarou o Dia feriado nacional, apelando aos americanos para "falarem a uma voz e com um coração". E agora Trump acrescenta: "é o que temos de fazer".

Na curta mensagem, Trump terminou com a expressão ausente no seu discurso de vitória e notada pelos blogues americanos. Trump terminou dizendo "Deus vos abençoe, Deus abençoe a América", uma frase que tradicionalmente os vencedores das presidenciais terminavam os seus discursos, até Trump quebrar a tradição.

O Dia de Acção de Graças é também o momento, tradicional nos Estados Unidos, do Presidente em funções libertar um peru, "salvando-o" da mesa dos americanos. Barack Obama fê-lo este ano pela última vez. É no Dia de Acção de Graças que tradicionalmente nos Estados Unidos se come o peru.


Obama salva peru no Dia de Acção de Graças
A carregar o vídeo ...
Como já é tradição, o Presidente norte-americano Barack Obama salvou um peru que passará em liberdade o resto dos seus dias.
Ver comentários
Saber mais Donald Trump Obama Dia de Acção de Graças
Outras Notícias