Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UE promete garantir um terço do aumento dos recursos financeiros do FMI

Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) decidiram hoje aumentar para 125 mil milhões de euros a sua contribuição para o reforço da capacidade de assistência do Fundo Monetário Internacional (FMI) a países em dificuldades.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 02 de Setembro de 2009 às 17:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) decidiram hoje aumentar para 125 mil milhões de euros a sua contribuição para o reforço da capacidade de assistência do Fundo Monetário Internacional (FMI) a países em dificuldades.

O acordo foi obtido no âmbito de um encontro informal que decorreu em Bruxelas para preparar a próxima cimeira do G20 que terá lugar no fim do mês em Pittsburgh, na Pensilvânia.

A UE havia, numa primeira fase, logo após a cimeira do G20 de Londres, em Abril, anunciado que aumentaria a sua contribuição para o FMI em 75 mil milhões de euros, no quadro de um esforço global para permitir ao Fundo dispor de 500 mil milhões de dólares adicionais para socorrer economias em risco de “bancarrota”.

Com este novo valor, a UE prepara-se para assegurar um terço do aumento dos recursos do FMI, com os olhos postos nas dificuldades que atravessam várias economias na fronteira da Europa, em particular na Ucrânia. O essencial deste montante será assegurado pela Alemanha (25 mil milhões), França (18 mil milhões) e Reino Unido (11 mil milhões).
Ver comentários
Outras Notícias