Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UE propõe Dominique Strauss-Kahn para presidir ao FMI

Os ministros das Finanças da União Europeia vão propor o ex-ministro socialista francês Dominique Strauss-Kahn para substituir Rodrigo Rato na presidência do Fundo Monetário Internacional (FMI). Fontes da UE revelam que a candidatura de Strauss-Kahn obtev

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 10 de Julho de 2007 às 13:36
  • Partilhar artigo
  • ...

Os ministros das Finanças da União Europeia vão propor o ex-ministro socialista francês Dominique Strauss-Kahn para substituir Rodrigo Rato na presidência do Fundo Monetário Internacional (FMI). Fontes da UE revelam que a candidatura de Strauss-Kahn obteve um "amplo consenso" entre os 27 ministros.

O Ecofin vai propor o nome de Strauss-Kahn para a presidência do FMI. Rodrigo Rato manifestou, no passado dia 28 de Junho, a intenção de abandonar a organização já na próxima assembleia anual, a ter lugar em Outubro, por "motivos pessoais".

Segundo fontes da UE, a candidatura do ex-ministro francês reuniu um amplo consenso entre os ministros das Finanças da UE. Apenas a delegação polaca propôs um candidato alternativo: o do ex-primeiro ministro Marek Belka.

A ministra francesa da Economia, Christine Lagarde, assegurou que existe uma certa urgência para lançar um candidato da UE. O consenso em torno de Strauss-Kahn permite começar o processo de campanha e consulta junto de outros países", acrescentou a governante francesa citada pelo jornal espanhol "El País".

Outras Notícias