Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

União Europeia levanta sanções às importações dos EUA

A União Europeia vai terminar sanções no valor de quatro mil milhões de dólares (3,2 mil milhões de euros) às importações dos Estados Unidos da América (EUA) em cerca de dois meses, depois da maior economia mundial ter posto fim a subsídios ilegais à expo

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 25 de Outubro de 2004 às 18:42

A União Europeia vai terminar sanções no valor de quatro mil milhões de dólares (3,2 mil milhões de euros) às importações dos Estados Unidos da América (EUA) em cerca de dois meses, depois da maior economia mundial ter posto fim a subsídios ilegais à exportação. A UE avisou contudo os EUA a não estender as reduções fiscais a empresas como a Boeing e a Microsoft além de 2006.

As sanções às importações, que iniciaram-se com 5% em Março e que atingiram os 12% dia 1 de Outubro, vão ser levantadas no próximo dia 1 de Janeiro, altura em que a nova legislação é implementada, disse o comissário para o Comércio da União Europeia, Pascal Lamy.

As sanções foram impostas como forma de retaliação pelos créditos, que providenciaram cinco mil milhões de dólares (788 milhões de euros) por ano em benefícios às empresas norte-americanas.

«Esta tem sido a maior entre todas as disputas transatlânticas que já experimentámos nos últimos 50 anos», disse Lamy em conferência de imprensa em Bruxelas, citado pela Bloomberg, acrescentando que «estamos a levantar as sanções e essa é a parte essencial do acordo, mas ainda temos algumas dúvidas acerca de uma parte do sistema».

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio