Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vamos ter o dobro das 'pontes' em 2008

O ano que agora vai acabar, por caprichos do calendário, teve quatro feriados em dias de fim-de-semana - no caso do Porto teve cinco, porque o São João foi também a um domingo. E houve igualmente dois feriados a uma quarta-feira - em Lisboa, contando com

Negócios negocios@negocios.pt 04 de Dezembro de 2007 às 07:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O ano que agora vai acabar, por caprichos do calendário, teve quatro feriados em dias de fim-de-semana - no caso do Porto teve cinco, porque o São João foi também a um domingo. E houve igualmente dois feriados a uma quarta-feira - em Lisboa, contando com o Santo António , foram três -, o que não facilitou o gozo da "ponte".

No próximo ano (2008), por ser ano bissexto, haverá mais um dia de trabalho (29 de Fevereiro), mas haverá igualmente mais dias de descanso, de acordo com uma notícia do "Jornal de Notícias".

A distribuição dos feriados com data fixa pelo calendário dá mais dois dias de descanso a quem, parando sempre ao fim-de-semana, tem o São João como feriado municipal e mais um a quem festeja o Santo António.

Em 2007, houve dois feriados ao domingo e dois ao sábado e em 2008 volta a haver dois ao domingo (a Páscoa é sempre ao domingo), mas apenas um ao sábado. Para quem vive no Porto, ou noutro qualquer município que festeje o São João, o feriado que foi este ano a um domingo será, desta vez, numa terça-feira.

As grandes "pontes", acessíveis apenas a alguns, é que não vão existir em 2008. Feriados a meio da semana (quarta-feira) foram dois este ano e não haverá nenhum no próximo ano.

O calendário de 2008 é, sobretudo, amigo de quem gosta de fins-de-semana prolongados. Os feriados à sexta ou à segunda, ou seja, encostados ao fim-de-semana, foram apenas três em 2007, mas no próximo ano serão cinco no Porto e seis em Lisboa. Para quem pode fazer "pontes", com feriados à terça ou à quinta, a situação inverte-se. Ganha o Porto. Houve três "pontes" em 2007 e haverá sete em 2008. Lisboa terá menos uma.

Outras Notícias