Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Veja as empresas envolvidas no "Luxemburgo Leaks"

Amazon, Burberry, Ikea, Apollo, Axa, Pepsi, Apple, Staples, Vodafone são algumas das empresas cujos documentos estão disponíveis na investigação que revelou que várias multinacionais tinham acordos com o Luxemburgo que lhes permitiram pagar menos impostos.

Bloomberg
Negócios 06 de Novembro de 2014 às 16:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A investigação, já designada de "Luxemburgo leaks", é o resultado de uma investigação levada a cabo pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ) e que envolveu mais de 80 jornalistas em 20 países. O ICIJ teve acesso a milhares de documentos oficiais e secretos que esta quinta-feira, 6 de Novembro, aparecem divulgados em vários jornais europeus, como o The Guardian, no Reino Unido, o Le Monde, em França, o Süddeutsche Zeitung, na Alemanha, a televisão pública do Canadá, a Canadian Broadcasting Corporation ou o Asahi Shimbun, do Japão.

 

São mais de 300 empresas que através do Luxemburgo aproveitaram vantagens fiscais que lhes permitiram pagar menos impostos.

 

O consórcio de investigação disponibiliza os documentos que teve acesso, onde se pode ver as empresas que estão em causa.

 

Veja aqui as empresas envolvidas. Quando se procura por país, na referência a Portugal não aperece qualquer empresa portuguesa, mas surgem companhias com associações a Portugal. É o caso da Carlyle, Hypo Real State, KBL Lombard Assurance, Maus Freres, DDR Corp. São as que surgem para já, mas há ainda a referência que podem surgir mais companhias no bloco Portugal. 

 

Ver comentários
Saber mais Luxemburgo Leaks fisco impostos
Outras Notícias