Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Venda de casas em segunda mão caem em Junho nos EUA

A venda de casas em segunda mão nos EUA diminuiu em Junho, pelo segundo mês consecutivo, reforçando os sinais de que este mercado irá sofrer uma contracção à medida que os efeitos dos benefícios fiscais se vão deixando de se sentir.

Ana Catarina Gonçalves 22 de Julho de 2010 às 16:05
A queda nas vendas deste tipo de casas é, no entanto, inferior ao previsto. A diminuição foi de 5,1%, para um ritmo anualizado de 5,37 milhões, de acordo com números da Associação de Mediadores Imobiliários do país divulgados hoje. As estimativas médias dos 74 analistas inquiridos pela Bloomberg apontavam para um ritmo anualizado de 5,1 milhões.

Prevê-se que o número de transacções seja baixo nos próximos meses, reflectindo o fim do incentivo do Governo, afirmou em conferência de imprensa o economista-chefe da associação.

Os benefícios fiscais concedidos pelo Governo podiam ir até aos oito mil dólares e impulsionaram as vendas no início do ano. O crescente número de execuções hipotecárias está a fazer aumentar o número de casas por vender, o que pressiona os preços e mantém os compradores à margem numa altura em que a taxa de desemprego ronda os 10%.

“É necessária uma reviravolta no mercado laboral para que haja um crescimento sustentado no mercado imobiliário. Se as vendas continuarem em baixo, os preços vão cair, além de que os mercados do crédito e os balanços poderão continuar em crise durante mais tempo”, afirmou Aaron Smith, economista da Moody’s à Bloomberg.

Quanto ao preço médio das casas em segunda mão em Junho, este registou uma subida de 1%, de 181.800 dólares (140.757 euros) para 183.700 dólares (142.228 euros), em termos homólogos.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio