Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas a retalho aceleram para maior crescimento em seis meses

A taxa de crescimento registada no mês passado foi a mais forte desde Maio deste ano, indiciando uma recuperação no comércio a retalho.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 29 de Novembro de 2018 às 12:19

O índice que mede a evolução do volume de negócios no comércio a retalho passou de um crescimento homólogo de 1,1% em Setembro para um aumento de 5,2% em Outubro, anunciou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística.

 

A taxa de crescimento registada no mês passado foi a mais forte desde Maio deste ano, indiciando uma recuperação neste sector.

 

Em Setembro, o índice tinha crescido 1,1% em termos homólogos, naquela que tinha sido a subida mais ténue deste ano. Com a aceleração registada em Outubro, a variação média dos últimos 12 meses aumentou três décimas, para 4,1%.

 

O crescimento homólogo mais forte de Outubro ficou a dever-se ao bom desempenho das duas componentes. A taxa de crescimento das vendas de produtos alimentares acelerou 2,1 pontos percentuais para 4,7% e de produtos não alimentares 5,7 pontos percentuais para 5,6%.

 

O INE refere ainda que os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas ajustadas de efeitos de calendário, apresentaram crescimentos homólogos de 2,5%, 3,7% e 2,0%, respectivamente.

Comparando com o mês de Setembro, as vendas no comércio a retalho aumentaram 2,3% em Outubro.

Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatística INE vendas a retalho comércio
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio