Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas a retalho aumentam 1,5% em Novembro

As vendas no comércio a retalho aumentaram 1,5% em Novembro em termos homólogos, o que representa uma quebra de 1,6 pontos percentuais face à variação homóloga observada em Outubro, de 3,1%, revelou hoje o INE, acrescentando que face ao mês anterior caíra

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 03 de Janeiro de 2005 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As vendas no comércio a retalho aumentaram 1,5% em Novembro em termos homólogos, o que representa uma quebra de 1,6 pontos percentuais face à variação homóloga observada em Outubro, de 3,1%, revelou hoje o INE, acrescentando que face ao mês anterior caíram 2,8%.

Segundo a mesma fonte, a variação das vendas no comércio a retalho, deflacionadas e corrigidas da sazonalidade, em termos homólogos, «foi determinada, globalmente, pela desaceleração de 5,9 pontos percentuais do comércio de ‘Produtos alimentares’, que apresentou ainda assim um crescimento de 2,2%».

Em relação ao mês anterior nas vendas no comércio a retalho deflacionadas, corrigidas dos dias úteis e do efeito da sazonalidade, a queda foi reforçada em 1,6 pontos percentuais face à registada no mês anterior, para 2,8%, revela o INE.

A mesma fonte explicou que tanto o comércio de «produtos alimentares» como o comércio de «produtos não alimentares» apresentaram «comportamentos negativos (de 5,8% e de 0,3%, respectivamente) embora tivesse sido a variação negativa de 9,7 pontos percentuais do primeiro que «determinou o agravamento do índice geral».

A variação média nos últimos 12 meses deflacionada e corrigida da sazonalidade «mantém-se positiva desde Agosto de 2004, com uma variação de 1,4%».

Outras Notícias