Política Verdes defendem que UE tem sido "obstáculo" aos objectivos do 25 de Abril

Verdes defendem que UE tem sido "obstáculo" aos objectivos do 25 de Abril

No Parlamento comemoram-se os 43 anos do 25 de Abril de 1974. Heloísa Apolónia defende obrigação de "desprezo" pelas tendências racistas e xenófobas.
A carregar o vídeo ...
Marta Moitinho Oliveira 25 de abril de 2017 às 10:28
A deputada do partido ecologista Os Verdes defendeu esta terça-feira, 25 de Abril, que a União Europeia tem sido um "obstáculo" aos objectivos do 25 de Abril de 1974 mas que é preciso "desprezar" ideias racistas e xenófobas. 

Heloísa Apolónia falava no Parlamento na cerimónia de comemoração dos 43 anos do 25 de Abril de 1974.

"Em jeito de apuramento de resultados temos ainda muito por conquistar", disse a deputada referindo-se aos objectivos do 25 de Abril em matéria económica e social.

A deputada ecologista defendeu, porém, que a "União Europeia (EU) tem-se constituído um obstáculo para esse objectivo", ao exigir "metas incompreensíveis", explicou.

Heloísa Apolónia disse que é preciso que o Governo "governe para as pessoas" e que "não esbarre na obsessão dos números".

Este tem sido um desafio feito por este partido numa altura em que o Governo apresentou metas ambiciosas em matéria orçamental para os próximos anos.

"É uma condição para estabilidade do nosso país."

Heloísa Apolónia defendeu também que "temos mais do que a obrigação de desprezar ideias racistas xenófobas". Uma declaração feita dois dias depois de em França a candidata do partido de extrema-direita, Frente Nacional, Marine Le Pen, ter passado à segunda volta das eleições presidenciais. 



(Notícia actualizada às 10:36)



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI