Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vídeo: Governo garante que "fará tudo" para assumir a menor dívida possível da Parque Expo

Ministra da Agricultura afirmou que a extinção da Parque Expo se prende com a necessidade de "criar valor" para ir pagando a dívida da empresa. A garantia é de que "tudo será feito" para que o Estado assuma o menor valor possível.

Rita Faria afaria@negocios.pt 19 de Agosto de 2011 às 13:34
Assunção Cristas justificou hoje a extinção da Parque Expo com a necessidade de "encontrar soluções que permitam ir pagando a dívida da empresa, porque agora é altura de criar valor que permita abater nessa dívida".

No que respeita ao valor da dívida que será assumido pelo Estado, a ministra da Agricultura disse que "era muito prematuro falar na dívida que, no final, terá de ser assumida", porque tudo dependerá "do valor que se conseguir realizar até então".

"O valor será maior ou menor consoante se consiga colocar rapidamente algumas empresas no mercado, nomeadamente o Pavilhão Atlântico", explicou Assunção Cristas.

A garantia do Governo é de que "tudo será feito" para que a dívida a assumir pelo Estado seja a menor possível, embora o processo ainda demore alguns meses até ser concluído.

"Levará o seu tempo porque é preciso encontrar o parceiro certo para cada empresa e cada actividade", assegurou a responsável, sublinhando que "a preocupação é decidir o que ficará para o Estado, e o que não ficará".

Ver comentários
Saber mais Assunção Cristas Parque Expo Ministéria da Agricultura
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio