Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Zapatero anuncia fim imposto sobre património se vencer eleições de Março

O primeiro-ministro espanhol explicou que as Comunidades Autónomas, actualmente com competência para receber este imposto, serão compensadas pela perda de receitas, num pacote de reforma do financiamento autonómico.

Negócios com Lusa 04 de Dezembro de 2007 às 10:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou hoje que vai acabar com o imposto sobre o património como uma das primeiras medidas da próxima legislatura, se o PSOE vencer as eleições de Março próximo.

O anúncio foi feito por Zapatero na conferência organizada pela revista The Economist, em que, ao lado do líder da oposição, Mariano Rajoy, analisa a situação económica em Espanha.

Zapatero explicou que as Comunidades Autónomas, actualmente com competência para receber este imposto, serão compensadas pela perda de receitas, num pacote de reforma do financiamento autonómico.

A supressão do imposto, que representa uma receita média de 1.400 milhões de euros, permitirá, segundo Zapatero, fazer Espanha aproximar-se de outros países europeus que já eliminaram esta taxa.

Afirmando que "continua a haver margem" para uma nova redução de impostos, Zapatero disse que é necessário ser "prudente" e que um primeiro passo será com o imposto sobre o património, que incide actualmente sobre cerca de um milhão de pessoas.

O imposto, explicou, tornou-se num tributo "que recai sobre as classes médias" mas para o qual os mais ricos "encontram fáceis mecanismos de isenção".

Várias Comunidades Autónomas espanholas tinham já anunciado nos últimos meses a intenção de reduzir o imposto.

Mais lidas
Outras Notícias