Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Zapatero confiante na capacidade de Portugal e Espanha para recuperarem

No dia em que as bolsas de Lisboa e Madrid afundam mais de 4%, contagiadas pela crise na Grécia, o primeiro-ministro espanhol mostrou-se confiante nas capacidades dos dois países em saírem da actual situação.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 04 de Maio de 2010 às 15:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
No dia em que as bolsas de Lisboa e Madrid afundam mais de 4%, contagiadas pela crise na Grécia, o primeiro-ministro espanhol mostrou-se confiante nas capacidades dos dois países em saírem da actual situação.

Falando em Bruxelas aos jornalistas, José Luís Zapatero afirmou que a Espanha vai recuperar e voltar ao crescimento, mostrando confiança na capacidade do país em recuperar da actual crise.

Manifestou que tem a mesma confiança em relação a Portugal, assinalando que tal representa uma opinião, mas antes uma conclusão baseada em factos e dados estatísticos.

Classificou de “completa loucura” os rumores de que a Espanha também precisa de ajuda financeira da União Europeia. “Não podemos passar o dia inteiro a especular”, afirmou o primeiro-ministro espanhol, citado pela Bloomberg, acrescentando que temos que “nos restringir a factos e argumentos”.

Estas declarações surgem no dia em que o jornal Francês Le Fígaro citou analistas que calculam em 280 mil milhões de euros o pacote de ajuda financeira que Espanha necessitará se, tal como a Grécia, for alvo de um resgate da União Europeia.

Zapatero reconheceu que estes rumores podem “penalizar a imagem do país”, pelo que irá combater esses rumores, que classifica de “infundados”. Devido aos efeitos da crise, reconheceu que a Espanha tem que se adaptar a um mercado de crédito mais pequeno.

Em relação à ajuda da União Europeia à Grécia, Zapatero mostrou-se também confiante que na reunião dos líderes europeus agendada para sexta-feira, “todos os países do euro e os 27 da UE vão remar na mesma direcção”.



Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias