Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Zona Euro: Ministro das Finanças alemão contra ajudas ilimitadas a países em crise

O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, manifestou-se contra as ajudas ilimitadas aos países da Zona Euro afectados pela crise e advertiu que "não haverá uma salvação a qualquer preço", noticia a agência Efe.

Lusa 14 de Agosto de 2011 às 14:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...
"Não haverá uma divisão de dívidas nem um apoio ilimitado. Existem certos mecanismos de apoio que desenvolveremos sob condições estritas", disse Schäuble em declarações a publicar na edição da revista "Der Spiegel" na edição da próxima semana.

Schäuble refuta expressamente a possibilidade de criar títulos de dívida comum europeia, os chamados eurobonds.

Schäuble acrescentou que os eurobonds não são desejáveis "a menos que cada país desenvolva a sua própria política de finanças" e enquanto for necessário "diferentes taxas de juro para que haja incentivo e mecanismos de sanção para forçar consolidação".

"Não haverá uma salvação a qualquer custo", disse Schäuble.

Entretanto, na Alemanha aumentam as críticas à decisão do Banco Central Europeu (BCE) de comprar títulos de dívida soberana dos países afectados pela crise.

Dentro dos partidos da coligação de Governo é cada vez mais forte a ideia de que com a compra de títulos de dívida soberana o BCE tem renunciado a parte da sua independência.

"O BCE não pode converter-se numa instituição que corrija os erros da política orçamental de países como a Itália", disse à Der Spiegel o chefe regional da CDU e primeiro-ministro do estado federado de Hesse, Volver Boufier.
Ver comentários
Saber mais Wolfgang Schäuble Alemanha Zona Euro
Outras Notícias