Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Formação financeira vai da escola até às PME

Depois do primeiro ano de actuação junto das escolas, o Plano Nacional de Formação Financeira (PNFF) volta-se agora para um novo público: os pequenos e médios empresários.

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 08 de Junho de 2014 às 23:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A promoção do empreendedorismo é um dos planos de acção para 2014 do Banco de Portugal, CMVM e ISP. Além disso, passará a estar disponível uma plataforma de longa distância para a formação de formadores.

Os três supervisores financeiros fizeram, na sexta-feira, um balanço do PNFF e apresentaram o plano de actividades para este ano. No ano passado, o Plano dedicou--se à implementação do Referencial de Educação Financeira, o projecto de formação de docentes. O primeiro curso arrancou no início do ano, no Porto, para os professores da região Norte. Mas, "não podemos apenas ensinar a ler, temos de ensinar a escrever", explicou Carlos Costa, governador do Banco de Portugal.

Por isso, a promoção do empreendedorismo é um dos principais objectivos para 2014. Ou seja, o âmbito da actuação das formações financeiras vai ser alargado. Serão desenvolvidas acções de formação dirigidas aos jovens e a pequenos e médios empresários.

Outra das metas fixadas é o arranque da plataforma de "e-learning" para que a formação possa ser assegurada também à distância. Carlos Costa, que é também presidente do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, explicou que a actuação do PNFF visa garantir a "inclusão social, na cidadania e na literacia". 

Ver comentários
Saber mais Formação financeira escola PME
Outras Notícias