Educação Nova SBE escala oito lugares entre os mestrados de gestão favoritos do FT. Católica e ISCTE caem

Nova SBE escala oito lugares entre os mestrados de gestão favoritos do FT. Católica e ISCTE caem

O ranking do Financial Times que avalia a qualidade dos mestrados de gestão volta a ter presença nacional. A Nova SBE é, contudo, a única a melhorar a prestação, enquanto a Católica e o ISCTE descem.
Nova SBE escala oito lugares entre os mestrados de gestão favoritos do FT. Católica e ISCTE caem
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Batalha Oliveira 28 de outubro de 2019 às 00:01

O ranking do Financial Times para os melhores mestrados volta a integrar três escolas portuguesas: Nova SBE, Católica-Lisbon e ISCTE Business School. A faculdade de sede em Carcavelos destaca-se com uma subida acentuada, reforçando a liderança ao nível nacional, enquanto as restantes duas perdem terreno.

A Nova School of Business and Economics (SBE) tem dois representantes no ranking do Financial Times. O "Mestrado Internacional em Gestão" é aquele que mais sobe, saltando da 30.ª posição conquistada no ano passado para a 22.ª. O programa volta assim a ganhar o terreno que tinha perdido na transição de 2017 para 2018, quando desceu da 17.ª para a 30.ª posição. Mais acima na tabela mas com uma evolução mais modesta, a Nova conta o "Mestrado Internacional em Gestão da Aliança CEMS", que ascende do nono para o oitavo lugar.

O diretor da Nova SBE, Daniel Traça, atribui, através de um comunicado, a posição no ranking à "consolidação da estratégia de internacionalização", e justifica com "os números de faculty internacional, alunos internacionais e média salarial que é um direto reflexo da internacionalização da nossa empregabilidade".

A Católica-Lisbon também faz parte do top 40 dos mestrados de gestão a nível mundial, tendo conquistado a 37.ª posição este ano e garantido um lugar na metade superior da tabela, que contempla 100 mestrados. Contudo, este lugar traduz uma quebra de sete posições.

Já no que diz respeito ao critério de progressão na carreira, a Católica consegue posicionar-se entre os dez melhores mestrados do mundo avaliados pela publicação britânica. Acerca deste ponto, também em comunicado, o diretor da Católica-Lisbon, Filipe Santos, acredita que "é um reconhecimento pelas empresas da qualidade" da faculdade e do "ambiente de aprendizagem, bem como da qualidade e elevado potencial dos alunos".

O mestrado da ISCTE Business School é aquele que está menos bem classificado e mostra uma quebra. Depois de dois anos consecutivos a subir, o programa desce da 77.ª posição para a 97.ª.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI