Emprego Arménio Carlos: "Tenho de me fazer à vida"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Arménio Carlos: "Tenho de me fazer à vida"

Tal como muitos outros dirigentes de peso, Arménio Carlos vai deixar a liderança da CGTP e, aos 64 anos, vai voltar a trabalhar na Carris: “Não vou dizer que aquilo é chegar lá, vestir o fato-macaco e está a andar”.
Arménio Carlos: "Tenho de me fazer à vida"
Sérgio Lemos/Cofina

Arménio Carlos vai deixar de liderar a CGTP em Fevereiro, tal como muitos outros dirigentes de peso. Desta vez, sem que haja um sucessor claro. Nega que isso seja uma preocupação dentro da CGTP.

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI