Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CIP e UGT querem negociar aumentos de 3% no privado

É este o ponto de convergência nas posições de partida da CIP e da UGT para o acordo de rendimentos que o Governo quer promover. CIP exige que o valor para os salários médios seja meramente indicativo. Turismo nem quer ouvir falar disso.

Mário Cruz/Lusa
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Depois de se terem afastado nas propostas sobre o aumento do salário mínimo, a UGT e a Confederação Empresarial (CIP) aproximam-se na posição de partida sobre o valor de referência para a atualização dos restantes salários, através da negociação coletiva. A UGT propõe um aumento entre os 3% e os 4%, negociável, enquanto a CIP admite valores entre os 2,8% e os 3%, desde que sejam meramente indicativos.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais aumentos salariais negociação coletiva contratação coletiva concertação social acordo sobre rendimentos
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias