Emprego Taxa de desemprego em Portugal desce pelo 10º mês consecutivo

Taxa de desemprego em Portugal desce pelo 10º mês consecutivo

Taxa de desemprego recuou para 15,4% em Dezembro, o que representa a 10ª queda consecutiva do número de desempregados. É o valor mais baixo desde Maio de 2012.
Rita Faria Nuno Teixeira - Infografia 31 de janeiro de 2014 às 10:13

A taxa de desemprego em Portugal caiu de 15,5%, em Novembro, para 15,4%, em Dezembro, de acordo com os dados divulgados esta sexta-feira pelo Eurostat. Há 10 meses consecutivos que a taxa de desemprego está a cair em Portugal. 

 

Em comparação com o mês de Dezembro de 2012, altura em que a taxa de desemprego se fixou em 17,3%, a diminuição é de 1,9 pontos percentuais. O valor registado no passado mês de Dezembro (15,4%) é o mais baixo desde Maio de 2012. Segundo os dados do gabinete estatístico da União Europeia, no final do ano passado, o País contava com 819 mil pessoas sem trabalho.

 

Desde o máximo histórico de 17,6% atingido em Janeiro e Fevereiro de 2013, a taxa de desemprego tem seguido uma trajectória descendente e os dados divulgados esta sexta-feira confirmam esta tendência de diminuição do número de desempregados. 

 

No que diz respeito ao desemprego jovem, a taxa caiu dos 36,6% em Novembro para os 36,3% em Dezembro. No mesmo mês do ano anterior, a taxa de desemprego jovem em Portugal fixava-se em 39%.

 

Na Zona Euro, a taxa de desemprego permaneceu nos 12% em Dezembro, o mesmo valor desde Outubro. Em Dezembro de 2012 estava nos 11,9%. Já no conjunto da União Europeia, a taxa de desemprego fixou-se em 10,7% no último mês de 2013, o que representa uma ligeira descida face aos 10,8% registados em Novembro. 

 

Entre os Estados-membros da União Europeia, as taxas de desemprego mais baixas foram registadas na Áustria (4,9%), na Alemanha (5,1%), no Luxemburgo (6,2%), e as mais elevadas na Grécia (27,8% em Outubro de 2013) e em Espanha (25,8%).

 

Em termos homólogos, as maiores subidas ocorreram em Chipre (13,9% para 17,5%), na Grécia (26,1% para 27,8% entre Outubro de 2012 e Outubro de 2013), na Holanda (5,8% para 7%) e em Itália (11,5% para 12,7%). Já as maiores descidas foram registadas na Irlanda (14% para 12,1%), Letónia (14% para 12,1% entre o terceiro trimestre de 2012 e o terceiro trimestre de 2013), Portugal (17,3% para 15,4%), Hungria (11% para 9,3% entre Novembro de 2012 e Novembro de 2013) e na Lituânia (13% para 11,4%). 

 

 




Saber mais e Alertas
pub