Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo britânico decide congelamento do salário mínimo para menores de 21

O governo britânico decidiu congelar o salário mínimo na faixa etária dos 16 aos 20 anos no próximo ano, uma medida que está a ser apoiada por alguns partidos e rejeitada por outros.

Andreia Major amajor@negocios.pt 20 de Março de 2012 às 14:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O governo britânico deliberou o congelamento do salário mínimo nacional para os trabalhadores entre os 16 e os 20 anos no próximo ano, como resposta à elevada taxa de desemprego entre os jovens.

Porém, o Partido Trabalhista tem-se oposto a esta decisão, de acordo com o "The Guardian".

Já Vince Cable, secretário do Partido Liberal Democrata, apoiou a decisão do governo e anunciou ontem que o salário mínimo para os trabalhadores com mais de 21 anos irá crescer 11% para 6,19 libras (7,44 euros) à hora, a partir de Outubro.

O salário mínimo dos trabalhadores mais jovens será, no entanto, congelado, como forma de garantir que o valor do salário não trave a criação de emprego.

Enquanto o Partido Trabalhista e os sindicatos criticaram o congelamento do salário mínimo para os trabalhadores mais jovens, a Confederação da Indústria Britânica saudou a decisão de congelar o salário mínimo dos jovens.

Vince Cable revelou que o governo aceitou as recomendações da "Low Pay Commission’s" (LPC), sobre o salário mínimo para os trabalhadores em diferentes faixas etárias, reiterando que a medida era "o equilíbrio certo entre salário e emprego".

A taxa de remuneração para a faixa etária dos 18 aos 20 anos irá permanecer em 4,98 libras por hora, e na faixa dos 16 aos 17 anos a remuneração será de 3,68 libras à hora. A taxa de remuneração para os estagiários irá aumentar 5% para 2,65 libras por hora, segundo o "The Guardian".

O ministro do Partido Liberal Democrata revelou ainda que apesar da decisão de congelar o salário dos trabalhadores mais jovens ter sido uma "decisão muito difícil", não fazia sentido aumentar o salário mínimo para os mais jovens se isso significasse uma maior dificuldade em conseguir emprego.

"Nestes tempos difíceis de crise, o congelamento do salário dos mais jovens tem sido uma decisão muito difícil – mas aumentar o salário dos mesmos não iria criar muito valor se isso significasse que seria mais difícil conseguirem um emprego no longo prazo."
Ver comentários
Saber mais Londres salário mínimo congelamento governo jovens trabalhadores
Outras Notícias