Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Miguel Cabrita: "Teremos de calibrar a transição para o fim do banco de horas"

A intenção de acabar com o banco de horas por negociação individual tem a forte oposição dos patrões. Miguel Cabrita admite que o efeito não seja imediato para todos os trabalhadores. É um aspecto a negociar.

Este conteúdo é exclusivo para Assinantes Assine já! Se já é assinante faça LOGIN
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O fim do banco de horas por negociação directa, individual, tem sido muito contestado pelos empresários.

O facto de o banco de horas ser remetido para a negociação colectiva é uma dimensão de equilíbrio das relações laborais. E é um mecanismo de valorização da negociação colectiva.

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Miguel Cabrita banco de horas contratos a prazo concertação social PCP BE lei laboral Código do Trabalho
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias