Economia Papa solidário com vítimas dos incêndios na Madeira

Papa solidário com vítimas dos incêndios na Madeira

O Papa Francisco enviou um telegrama ao Bispo do Funchal com votos de "coragem e consolação da esperança cristã" para todos os que foram atingidos pela "tragédia",
Papa solidário com vítimas dos incêndios na Madeira
Reuters
Negócios 16 de agosto de 2016 às 18:39

O Papa Francisco mostrou-se "consternado" com os incêndios que atingiram a Madeira, que provocaram vítimas mortais e elevados danos materiais, e enviou um telegrama ao Bispo de Funchal, Dom António Carrilho, no qual lhe pede para "que transmita às famílias das vítimas as suas condolências e sua participação na dor de todos os enlutados, bem como a sua solidariedade e proximidade espiritual aos que perderam os seus lares".

 

O texto foi enviado pelo Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin, em nome do Papa, e foi difundido pela Rádio Vaticano

 

No telegrama, o Papa diz-se "consternado pela triste notícia dos terríveis incêndios na ilha da Madeira" e pede "conforto e restabelecimento para os feridos" com votos de "coragem e consolação da esperança cristã" para todos os que foram atingidos pela "tragédia", com uma recordação especial e sua bênção a "todos aqueles que trabalham para combater os incêndios".

Os incêndios na Madeira custaram quatro vidas, destruíram ou danificaram mais de 200 imóveis e provocaram prejuízos da ordem dos 55 milhões de euros.

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, anunciou neste domingo que as linhas de crédito para apoiar o turismo na Madeira na sequência dos incêndios vão ultrapassar os dez milhões de euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI