Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de desemprego recuou para 12,1% (act.)

A taxa de desemprego no segundo trimestre recuou ligeiramente.

Eva Gaspar egaspar@negocios.pt 17 de Agosto de 2011 às 11:03
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
De acordo com dados hoje divulgados pelo INE, a taxa de desemprego caiu para 12,1% no segundo trimestre, depois de ter atingido o máximo histórico de 12,4% nos primeiros três meses do ano.

O universo da população desempregada é agora estimado em 675 mil indivíduos, o que traduz um decréscimo de 2% face ao trimestre anterior. O número de empregados, por seu turno, aumentou 0,6% relativamente ao trimestre anterior, adianta ainda o INE.

A taxa de desemprego em Portugal atingiu um máximo de 12,4% no primeiro trimestre do ano, uma forte subida face aos 11,1% do último trimestre de 2010, justificada, em parte, por alterações metodológicas no modo de recolha e nos inquéritos ao emprego.

Este relativo alívio na taxa de desemprego tenderá a ser passageiro, tal como o próprio andamento da economia, que estagnou (em cadeia) no segundo trimestre do ano, quando a generalidade dos economistas antecipava um agravamento do ciclo recessivo.

Nas previsões do ministro das Finanças, Vítor Gaspar, a taxa de desemprego deverá ultrapassar a fasquia de 13% e atingir 13,2% da população activa em 2012, antes de começar a regredir, em paralelo com a recuperação da economia.

Para a queda da taxa de desemprego no segundo trimestre contribuiu, sobretudo, a diminuição no número de mulheres desempregadas (menos nove mil), e, em menor medida, do desemprego masculino (menos 4.900), fortemente penalizado pelo movimento inverso entre os indivíduos com 45 e mais anos (onde as fileiras do desemprego foram engrossadas em mais 9.500).

O aumento do desemprego entre os homens já maduros cruza-se com outra tendência: a do aumento do desemprego de longa duração (12 e mais meses) que passou a afectar mais 7.100 indivíduos. Ao invés, refere o INE, registou-se uma diminuição no número de desempregados à procura de emprego há menos de 12 meses.


(Actualizada às 11h25)

Ver comentários
Saber mais emprego taxa de desemprego INE
Outras Notícias