Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Desemprego aumentou pelo oitavo mês consecutivo na Alemanha

A Alemanha registou o oitavo mês consecutivo de aumento do desemprego em Novembro, com a crise orçamental a penalizar a maior economia da Zona Euro.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 29 de Novembro de 2012 às 09:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O número de pessoas sem emprego na Alemanha aumentou em cinco mil durante o mês de Novembro, e a maior economia da Zona Euro tem 2,94 milhões de desempregados segundo os dados da agência federal do emprego alemã relativos a Novembro, citados pela Bloomberg.

A taxa de desemprego na Alemanha permaneceu em 6,9% e encontra-se próxima de um mínimo de duas décadas. Os dados do desemprego relativos ao mês de Novembro são ajustados ao efeito da sazonalidade.

Os economistas antecipavam que 16 mil pessoas engrossassem a fileira do desemprego na Alemanha, no mês de Novembro, segundo as estimativas compiladas pela Bloomberg.

“O abrandamento da economia na Zona Euro está agora a atingir também a Alemanha”, disse o economista do HSBC, Lothar Hessler, citado pela agência noticiosa. “Isto pôs um fim à anterior tendência do mercado de trabalho com as empresas a serem muito mais cautelosas com novos investimentos”, acrescentou.

O crescimento do desemprego reflecte a redução do investimento das empresas, perante a crise orçamental europeia. No terceiro trimestre, os investimentos em novas unidades de produção e maquinaria caiu 2%, na Alemanha, face ao segundo trimestre.

Os dados do emprego e do investimento contrastam com o indicador de confiança das empresas alemãs, que terá crescido inesperadamente em Novembro, pela primeira vez em oito meses. O indicador avançado pode sinalizar crescimento da economia no próximo ano.

Ver comentários
Saber mais Alemanha desemprego emprego economia conjuntura
Outras Notícias