Mercado de Trabalho Desemprego desceu em agosto mas terá voltado a aumentar em setembro

Desemprego desceu em agosto mas terá voltado a aumentar em setembro

A taxa de desemprego desceu para 6,4% em agosto, mas terá voltado a aumentar no mês seguinte, de acordo com o INE.
Desemprego desceu em agosto mas terá voltado a aumentar em setembro
Sara Antunes 30 de outubro de 2019 às 11:26

A taxa de desemprego recuou dos 6,5% em julho (um valor que foi revisto em alta) para os 6,4% no mês seguinte, segundo os dados divulgados esta quarta-feira, 30 de outubro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

Há um mês, o INE reportou uma taxa de desemprego de 6,4% em julho, mas a atualização dos dados levou a uma revisão em alta para os 6,5%, o que ainda assim representou uma queda face ao valor de junho (6,6%).

 

Já em relação ao mês de setembro, a estimativa provisória aponta para um aumento de 0,2 pontos percentuais, com a taxa a regressar aos 6,6%.

 

A população desempregada ascendeu a 331,6 mil pessoas, em agosto, menos 0,9% do que no mês anterior. As previsões apontam para que, em setembro, o número de pessoas desempregadas tenha aumentado 4% para 344,9 mil.

 

Apesar destes dados, a estimativa provisória também aponta para um aumento de 0,1% a população empregada. "Em setembro de 2019, a estimativa provisória da população empregada correspondeu a 4 865,1 mil pessoas", revela o INE.

 

A contribuir para esta evolução está o facto de a população ativa estar a aumentar. Em agosto, a população ativa aumentou 0,3% face a julho para um valor total estimado de quase 5,2 milhões. Já em setembro os dados apontam para um novo acréscimo de 0,3% para 5,21 milhões de pessoas.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI